Literatura Brasileira.net

O crime do Padre Amaro (Eça de Queirós)

"0 Padre Amaro torna-se sacerdote em Leiria, província de Portugal, por inter- ferência do Conde de Ribamar, cuja mulher é sua parente. Lá hospeda-se na casa de D. Joaneira, amante do Cônego Dias, mãe de Amélia e amiga de algumas bea- tas velhas, ignorantes e supersticiosas, que regularmente visitam a residên- cia. Forma-se nela um grupo de mulheres e clérigos, que se divertem em longos serões nos quais as modinhas tocadas por Amélia ao piano, os jogos, as conver- sas fúteis e os mexericos puritanos e moralistas são as grandes atrações.

Leia mais...

A Moreninha ( Joaquim Manuel de Macedo)

"Augusto, estudante de medicina, gaba-se de ser inconstante no amor e firma uma aposta com Filipe: se, até o dia 20 de agosto, tiver amado uma só mulher durante mais de quinze dias, será obrigado a escrever um romance sobre tal acontecimento.

Leia mais...

Manuelzão e Miguelim (João Guimarães Rosa)

INTRODUÇÃO A obra de ficção mais conhecida de Guimarães Rosa consta de contos, novelas e um romance monumental, publicado em 1956, que é Grandes Sertão: Veredas - livro que desconcertou a crítica.

Leia mais...

Angústia - Graciliano Ramos - Modernismo de 30

Angústia é um relato aflito das frustrações de Luís da Silva, personagem central. Este é um funcionário público que trabalha na diretoria da fazenda escrevendo artigos por encomenda. Jornalista e com pretensões literária.

Leia mais...

A Estrela da Manhã (Manuel Bandeira)

Estrela da manhã

Eu quero a estrela da manhã
Onde está a estrela da manhã?
Meus amigos meus inimigos
Procurem a estrela da manhã

Leia mais...

Diva (José de Alencar)

Diva é um romance urbano. Nele a heroína Emília, bela e rica filha mimada de um capitalista carioca fica dividida e confusa frente ao amor de Augusto.

Leia mais...

Pesquisar

Usuários On-line

Temos 35 visitantes e Nenhum membro online